Salmo 119

O salmo 119 é o maior capítulo do livro dos salmos e mostra a importância da palavra de Deus.

Salmo 119 – A importância da Palavra de Deus

1 Álefe] : Bem-aventurados são os puros em [seus] caminhos, os que andam na lei do SENHOR.

2 Bem-aventurados são os que guardam os testemunhos dele, [e] o buscam com todo o coração;

3 E não praticam perversidade, [mas] andam nos caminhos dele.

4 Tu mandaste que teus mandamentos fossem cuidadosamente obedecidos.

5 Ah! Como gostaria que meus caminhos fossem dirigidos a guardar teus estatutos!

6 Então não me envergonharia, quando eu observasse todos os teus mandamentos.

7 Louvarei a ti com um coração correto, enquanto aprendo os juízos de tua justiça.

8 Eu guardarei teus estatutos; não me abandones por completo.

9 Bete] : Com que um rapaz purificará o seu caminho? Sendo obediente conforme a tua palavra.

10 Eu te busco como todo o meu coração; não me deixes desviar de teus mandamentos.

11 Guardei a tua palavra em meu coração, para eu não pecar contra ti.

12 Bendito [és] tu, SENHOR; ensina-me teus estatutos.

13 Com meus lábios contei todos os juízos de minha boca.

14 Eu me alegro mais com o caminho de teus estatutos, do que com todas as riquezas.

15 Meditarei em teus mandamentos, e darei atenção a teus caminhos.

16 Terei prazer em teus estatutos; não me esquecerei de tua palavra.

17 Guímel] : Trata bem o teu servo, [para] que eu viva, e obedeça tua palavra.

18 Abre meus olhos, para que eu veja as maravilhas de tua lei.

19 Eu sou peregrino na terra, não escondas de mim os teus mandamentos.

20 Minha alma está despedaçada de tanto desejar os teus juízos em todo tempo.

21 Tu repreendes aos malditos arrogantes, que se desviam de teus mandamentos.

22 Tira-me de minha humilhação e desprezo, pois eu guardei teus testemunhos.

23 Até mesmo os príncipes se sentaram, e falaram contra mim; porém o teu servo estava meditando em teus estatutos.

24 Pois teus testemunhos são meus prazeres [e] meus conselheiros.

25 Dálete] : Minha alma está grudada ao pó; vivifica-me conforme tua palavra.

26 Eu [te] contei os meus caminhos, e tu me respondeste; ensina-me conforme teus estatutos.

27 Faze-me entender o caminho de teus preceitos, para eu falar de tuas maravilhas.

28 Minha alma se derrama de tristeza; levanta-me conforme tua palavra.

29 Desvia de mim o caminho de falsidade; e sê piedoso dando-me tua lei.

30 Eu escolhi o caminho da fidelidade; e pus [diante de mim] os teus juízos.

31 Estou apegado a teus testemunhos; ó SENHOR, não me envergonhes.

32 Correrei pelo caminho de teus mandamentos, porque tu alargaste o meu coração.

33 Hê] : Ensina-me, SENHOR, o caminho de teus estatutos, e eu o guardarei até o fim.

34 Dá-me entendimento, e eu guardarei a tua lei, e a obedecerei de todo [o meu] coração.

35 Faze-me andar na trilha de teus mandamentos, porque nela tenho prazer.

36 Inclina meu coração a teus testemunhos, e não à ganância.

37 Desvia meus olhos para que não olhem para coisas inúteis; vivifica-me pelo teu caminho.

38 Confirma tua promessa a teu servo, que tem temor a ti.

39 Desvia de mim a humilhação que eu tenho medo, pois teus juízos são bons.

40 Eis que amo os teus mandamentos; vivifica-me por tua justiça.

41 Vau] : E venham sobre mim tuas bondades, SENHOR; [e também] a tua salvação, segundo tua promessa.

42 Para que eu tenha resposta ao que me insulta; pois eu confio em tua palavra.

43 E nunca tires de minha boca a palavra da verdade, pois eu espero em teus juízos.

44 Assim obedecerei a tua lei continuamente, para todo o sempre.

45 E andarei [livremente] por longas distâncias, pois busquei teus preceitos.

46 Também falarei de teus testemunhos perante reis, e não me envergonharei.

47 E terei prazer em teus mandamentos, que eu amo.

48 E levantarei as minhas mãos a teus mandamentos, que eu amo; e meditarei em teus estatutos.

49 Záin] : Lembra-te da palavra [dada] a teu servo, à qual mantenho esperança.

50 Isto é meu consolo na minha aflição, porque tua promessa me vivifica.

51 Os arrogantes têm zombado de mim demasiadamente; [porém] não me desviei de tua lei.

52 Eu me lembrei de teus juízos muito antigos, SENHOR; e [assim] me consolei.

53 Eu me enchi de ira por causa dos perversos, que abandonam tua lei.

54 Teus estatutos foram meus cânticos no lugar de minhas peregrinações.

55 De noite tenho me lembrado de teu nome, SENHOR; e tenho guardado tua lei.

56 Isto eu tenho feito, porque guardo teus mandamentos.

57 Hete] : O SENHOR é minha porção; eu disse que guardaria tuas palavras.

58 Busquei a tua face com todo o [meu] coração; tem piedade de mim segundo tua palavra.

59 Eu dei atenção a meus caminhos, e dirigi meus pés a teus testemunhos.

60 Eu me apressei, e não demorei a guardar os teus mandamentos.

61 Bandos de perversos me roubaram; [porém] não me esqueci de tua lei.

62 No meio da noite eu me levanto para te louvar, por causa dos juízos de tua justiça.

63 Sou companheiro de todos os que te temem, e dos que guardam os teus mandamentos.

64 A terra está cheia de tua bondade, SENHOR; ensina-me os teus estatutos.

65 Tete] : Tu fizeste bem a teu servo, SENHOR, conforme tua palavra.

66 Ensina-me bom senso e conhecimento, pois tenho crido em teus mandamentos.

67 Antes de ter sido afligido, eu andava errado; mas agora guardo tua palavra.

68 Tu és bom, e fazes o bem; ensina-me os teus estatutos.

69 Os arrogantes forjaram mentiras contra mim; [mas] eu com todo o [meu] coração guardo os teus mandamentos.

70 O coração deles se incha como gordura; [mas] eu tenho prazer em tua lei.

71 Foi bom pra mim ter sido afligido, para assim eu aprender os teus estatutos.

72 Melhor para mim é a lei de tua boca, do que milhares de [peças] de ouro ou prata.

73 Iode] : Tuas mãos me fizeram e me formaram; faze-me ter entendimento, para que eu aprenda teus mandamentos.

74 Os que te temem olham para mim e se alegram, porque eu mantive esperança em tua palavra.

75 Eu sei, SENHOR, que teus juízos são justos; e que tu me afligiste [por] tua fidelidade.

76 Seja agora tua bondade para me consolar, segundo a promessa [que fizeste] a teu servo.

77 Venham tuas misericórdias sobre mim, para que eu viva; pois tua lei é o meu prazer.

78 Sejam envergonhados os arrogantes, porque eles me prejudicaram com mentiras; [porém] eu medito em teus mandamentos.

79 Virem-se a mim os que te temem e conhecem os teus testemunhos.

80 Seja meu coração correto em teus estatutos, para eu não ser envergonhado.

81 Cafe] : Minha alma desfalece por tua salvação; em tua palavra mantenho esperança.

82 Meus olhos desfaleceram por tua promessa, enquanto eu dizia: Quando tu me consolarás?

83 Porque fiquei como um odre na fumaça, [porém] não me esqueci teus testemunhos.

84 Quantos serão os dias de teu servo? Quando farás julgamento aos meus perseguidores?

85 Os arrogantes me cavaram covas, aqueles que não são conforme a tua lei.

86 Todos os teus mandamentos são verdade; com mentiras me perseguem; ajuda-me.

87 Estou quase que destruído por completo sobre a terra; porém eu não deixei teus mandamentos.

88 Vivifica-me conforme tua bondade, então guardarei o testemunho de tua boca.

89 Lâmede] : Para sempre, SENHOR, tua palavra permanece nos céus.

90 Tua fidelidade [dura] de geração em geração; tu firmaste a terra, e [assim] ela permanece.

91 Elas continuam por tuas ordens até hoje, porque todos são teus servos.

92 Se a tua lei não fosse meu prazer, eu já teria perecido em minha aflição.

93 Nunca esquecerei de teus mandamentos, porque tu me vivificaste por eles.

94 Eu sou teu, salva-me, porque busquei teus preceitos.

95 Os perversos me esperaram, para me destruírem; [porém] eu dou atenção a teus testemunhos.

96 A toda perfeição eu vi fim; [mas] teu mandamento é extremamente grande.

97 Mem] : Ah, como eu amo a tua lei! O dia todo eu medito nela.

98 Ela me faz mais sábio do que meus inimigos [por meio de] teus mandamentos, porque ela está sempre comigo.

99 Sou mais inteligente que todos os meus instrutores, porque medito em teus testemunhos.

100 Sou mais prudente que os anciãos, porque guardei teus mandamentos.

101 Afastei meus pés de todo mau caminho, para guardar tua palavra.

102 Não me desviei de teus juízos, porque tu me ensinaste.

103 Como são doces tuas palavras ao meu paladar! Mais que o mel em minha boca.

104 Obtenho conhecimento por meio de teus preceitos; por isso odeio todo caminho de mentira.

105 Nun] : Tua palavra é lâmpada para meus pés e luz para meu caminho.

106 Eu jurei, e [assim] cumprirei, de guardar os juízos de tua justiça.

107 Eu estou muito aflito, SENHOR; vivifica-me conforme a tua palavra.

108 Agrada-te das ofertas voluntárias de minha boca, SENHOR; e ensina-me teus juízos.

109 Continuamente arrisco minha alma, porém não me esqueço de tua lei.

110 Os perversos me armaram um laço de armadilha, mas não me desviei de teus mandamentos.

111 Tomei teus testemunhos por herança para sempre, pois eles são a alegria de meu coração.

112 Inclinei meu coração para praticar os teus testemunhos para todo o sempre.

113 Sâmeque] : Odeio os inconstantes, mas amo a tua lei.

114 Tu és meu refúgio e meu escudo; eu espero em tua palavra.

115 Afastai-vos de mim, malfeitores, para que eu guarde os mandamentos de meu Deus.

116 Sustenta-me conforme a tua promessa, para que eu viva; e não me faças ser humilhado em minha esperança.

117 Segura-me, e estarei protegido; então continuamente pensarei em teus estatutos.

118 Tu atropelas a todos que se desviam de teus estatutos; pois o engano deles é mentira.

119 Tu tiras a todos os perversos da terra como [se fossem] lixo; por isso eu amo teus testemunhos.

120 Meu corpo se arrepia de medo de ti; e temo os teus juízos.

121 Áin] : Eu fiz juízo e justiça; não me abandones com os meus opressores.

122 Sê tu a garantia do bem de teu servo; não me deixes ser oprimido pelos arrogantes.

123 Meus olhos desfaleceram [de esperar] por tua salvação, e pela palavra de tua justiça.

124 Age para com teu servo segundo tua bondade, e ensina-me teus estatutos.

125 Eu sou teu servo. Dá-me entendimento; então conhecerei teus testemunhos.

126 É tempo do SENHOR agir, porque estão violando tua lei.

127 Por isso eu amo teus mandamentos mais que o ouro, o mais fino ouro.

128 Por isso considero corretos todos os [teus] mandamentos quanto a tudo, e odeio todo caminho de falsidade.

129 Pê] : Maravilhosos são teus testemunhos, por isso minha alma os guarda.

130 A entrada de tuas palavras dá luz, dando entendimento aos simples.

131 Abri minha boca, e respirei; porque desejei teus mandamentos.

132 Olha-me, e tem piedade de mim; conforme [teu] costume para com os que amam o teu nome.

133 Firma meus passos em tua palavra, e que nenhuma perversidade me domine.

134 Resgata-me da opressão dos homens; então guardarei teus mandamentos.

135 Brilha teu rosto sobre teu servo, e ensina-me teus estatutos.

136 Ribeiros d’água descem de meus olhos, porque eles não guardam tua lei.

137 Tsadê] : Tu és justo, SENHOR; e corretos são teus juízos.

138 Tu ensinaste teus testemunhos justos e muito fiéis.

139 Meu zelo me consumiu, porque meus adversários se esqueceram de tuas palavras.

140 Refinada é a tua palavra, e teu servo a ama.

141 Eu sou pequeno e desprezado; [porém] não me esqueço de teus mandamentos.

142 Tua justiça é justa para sempre, e tua lei é verdade.

143 Aperto e angústia me encontraram; [ainda assim] teus mandamentos são meus prazeres.

144 A justiça de teus testemunhos [dura] para sempre; dá-me entendimento, e então viverei.

145 Cofe] : Clamei com todo o [meu] coração; responde-me, SENHOR; guardarei teus estatutos.

146 Clamei a ti; salva-me, e então guardarei os teus testemunhos.

147 Eu me antecedi ao amanhecer, e gritei; [e] mantive esperança em tua palavra.

148 Meus olhos antecederam as vigílias da noite, para meditar em tua palavra.

149 Ouve minha voz, segundo tua bondade, SENHOR; vivifica-me conforme teu juízo.

150 Aproximam-se [de mim] os que praticam maldade; eles estão longe de tua lei.

151 Porém] tu, SENHOR, estás perto [de mim] ; e todos os teus mandamentos são verdade.

152 Desde antigamente eu soube de teus testemunhos, que tu os fundaste para sempre.

153 Rexe] : Olha a minha aflição, e livra-me [dela] ; pois não me esqueci de tua lei.

154 Defende minha causa, e resgata-me; vivifica-me conforme tua palavra.

155 A salvação está longe dos perversos, porque eles não buscam teus estatutos.

156 Muitas são tuas misericórdias, SENHOR; vivifica-me conforme teus juízos.

157 Muitos são meus perseguidores e meus adversários; [porém] eu não me desvio de teus testemunhos.

158 Eu vi aos enganadores e os detestei, porque eles não guardam tua palavra.

159 Vê, SENHOR, que eu amo teus mandamentos; vivifica-me conforme a tua bondade.

160 O princípio de tua palavra é fiel, e o juízo de tua justiça [dura] para sempre.

161 Xin] : Príncipes me perseguiram sem causa, mas meu coração temeu a tua palavra.

162 Eu me alegro em tua palavra, tal como alguém que encontra um grande tesouro.

163 Odeio e abomino a falsidade; [mas] amo a tua lei.

164 Louvo a ti sete vezes ao dia, por causa dos juízos de tua justiça.

165 Muita paz têm aqueles que amam a tua lei; e para eles não há tropeço.

166 Espero por tua salvação, SENHOR; e pratico teus mandamentos.

167 Minha alma guarda teus testemunhos, e eu os amo muito.

168 Eu guardo teus preceitos e teus testemunhos, porque todos os meus caminhos estão diante de ti.

169 Tau] : Chegue meu clamor perante teu rosto, SENHOR; dá-me entendimento conforme tua palavra.

170 Venha minha súplica diante de ti; livra-me conforme tua promessa.

171 Meus lábios falarão muitos louvores, pois tu me ensinas teus estatutos.

172 Minha língua falará de tua palavra, porque todos os teus mandamentos são justiça.

173 Que tua mão me socorra, porque escolhi [seguir] teus preceitos.

174 Desejo tua salvação, SENHOR; e tua lei é o meu prazer.

175 Que minha alma viva e louve a ti; e que teus juízos me socorram.

176 Tenho andado sem rumo, como uma ovelha perdida; busca a teu servo, pois eu não me esqueci de teus mandamentos.

Veja também: Relação dos Salmos Bíblicos

Fonte e autores: Bíblia Livre (BLIVRE) – Licença Creative Commons.

Compartilhe esta mensagem com os seus amigos!

Deixe um comentário

Pin It on Pinterest